Segunda-feira, 9 de Julho de 2007

Lógica introdutória

Compus este poema
porque nao deixei de o compor.
Vivi porque escolhi viver
e não escolhi morrer.

E quando navegava em mar alto
sabia que nao podia cheirar a terra.
Quando me enlameava, nesta terra nojenta,
sabia que nao podia salgar os meu cabelos escorridos.

Quando sentia dor
achava-me doente.
Quando nao sentia
parecia-me estar bem.

Ou acreditava em Deus
ou nao acreditava,
embora me escorragassem os pes
e por vezes me encontrasse na dúvida.

Mas... ou estava com duvidas ou não!
E o poema da nossa vida é assim....
Tão banal e simples que nos irrita...
Que nos irrita ou não!...

 

escrito em 2005 e encontrado no meu antigo blog a vaguear

Piteira


publicado por Piteira às 23:31
| Comentar | Adicionar aos favoritos
|

O Autor

Pesquisa

 

Setembro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

22
23
24
25
26
27

28
29
30


Últimas obras publicadas

Trabalho em Belém

Por do Sol de Verão

COR CIDADE

David

Piteira de volta... artis...

Valentino

Apresentação

DESPEDIDA ANUNCIADA

...

IntraRail

Arquivos

Setembro 2008

Julho 2008

Abril 2008

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

tags

todas as tags

Participar

Participe neste blog

Visitas a partir de 25 de Janeiro


Contador Gratis