Sábado, 18 de Agosto de 2007

Maria

Desconheço o número do teu sapato

Desconheço a casa

o passado e futuro

que chega entrelaçado

 

Desconheço o passo

a voz o tacto

a maneira de sentir

desconheço o abraço

 

o beijo o amor

a loucura a megera

dura da parte rocha

de um coração feminino

 

A cor da porta

é um jamais desinteressante

Importante?

é dar e receber com o tal entusiasmo delirante

 

Eu só te conheço

Maria

pela mão e pelo 'crr ' crr ' do teclado

e pelo escrita que inspira este desconhecimento endiabrado

 

Escrever bonito

rio abaixo do outro lado

Ponte dom Luís

De nada interessa nesta proximidade, assim

 

não desapareças Maria

Porque a perda é

tudo o que conheço irreversível.

Cometes-te o erro de me conhecer, tal é a vida.

 

Piteira, para a Maria misteriosa dos comentários.


publicado por Piteira às 17:28
| Comentar | Adicionar aos favoritos
|
10 comentários:
De Maria a 18 de Agosto de 2007 às 19:05
Dos sorrisos trocados.. das palavras desenhadas no ar...

fui outrora uma linha que em sonhos te circundou a alma...

abracei-te as mãos para te fazer sorrir...

iludi os sentidos para te encontrar e deixei-me perder no olhar profundo daquele que me diz que sim devagar ...

Enquanto me reencontro num sonho antigo... em mãos alheias... Num segredo vil...perdido num par de corpos dançantes...desconhecidos...

Entrego-te um sorriso antes que a noite te deixe as mãos vazias...para que me revejas sempre que uma gaivota risque o céu :) e o sorriso se perder na saudade de um abraço :)






De Piteira a 19 de Agosto de 2007 às 00:18
as vezes penso que a conheço... tao intimamente...

o que escreve e forte, toca.

e também aguça a minha curiosidade.


De Maria a 19 de Agosto de 2007 às 12:22
De descobrir que o vento é doce... que as lágrimas são sorrisos.. que o silencio me desperta... que os passos são diferentes dos meus...

Que a vontade deixou o desejo... que a saudade também fere os olhos... que a noite passa lentamente enquanto nos perdemos por entre ruelas.. nos suspiros arrancados de um beijo roubado...:)




De Piteira a 20 de Agosto de 2007 às 01:33
caminhar lado a lado é fazer rasteiras ao destino, se ele existe.

é tão dificil sintonizar almas!!

é tão dificil encontra-las.

onde andas maria?


De Maria a 20 de Agosto de 2007 às 11:51
Passeio secretamente pelas tuas mãos...revelo-me num olhar vazio...adormeço no silencio da tua voz... no escuro do desejo que me castiga os sentidos...

Enquanto um par de corpos dançam que nem um pássaro louco em profundo devaneio...

dás-me as tuas mãos para que eu possa voar... antes que a onda me leve no seu regaço para longe...para perto de mim... de ti...


De Félix a 18 de Agosto de 2007 às 19:41
Oi! Conheci o blog pelo destaque e gostei muito! Parabéns!


De Piteira a 19 de Agosto de 2007 às 00:19
muito obrigado. volte sempre, farei o possível para não decepcionar.


De Patricia a 18 de Agosto de 2007 às 22:02
Simplesmente Lindo... Parabéns!!!



De Piteira a 19 de Agosto de 2007 às 00:20
obrigado patricia. ficarei contente se voltares e comentares.


De Marta a 20 de Agosto de 2007 às 11:51
Sou amiga da Maria.
Gostei de conhecer a tua forma de escrita.
Deixo-te a minha em :

perfeito-plural.blogspot.com

Beijos


Comentar post

O Autor

Pesquisa

 

Setembro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

22
23
24
25
26
27

28
29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Últimas obras publicadas

Trabalho em Belém

Por do Sol de Verão

COR CIDADE

David

Piteira de volta... artis...

Valentino

Apresentação

DESPEDIDA ANUNCIADA

...

IntraRail

Arquivos

Setembro 2008

Julho 2008

Abril 2008

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

tags

todas as tags

Participar

Participe neste blog

Visitas a partir de 25 de Janeiro


Contador Gratis